EnglishPortugueseSpanish

LGPD

LGPD

Privacidade de dados do consumidor e personalização em escala

Fique preparado para qualquer evento relacionado a segurança e privacidade do consumidor.

As preocupações do cliente sobre a segurança e privacidade de seus dados online podem impedir ações de marketing personalizado em escala.

Empresas que atuam com as melhores práticas estão construindo proteções em suas propriedades digitais. Estruturar uma jornada HighVelocity composta por cinco fases projetadas para ajudá-lo a cumprir sua conformidade com os objetivos da LGPD de uma maneira eficiente e eficaz.

Essas fases incluem:
  1. Uma sessão inicial de descoberta para entender seus objetivos, requisitos e orçamento;
  2. Avaliação do seu ambiente existente e definição dos requisitos do projeto;
  3. Avaliações detalhadas, recomendações, design do ambiente futuro e prova de conceito;
  4. Aquisição, configuração e implantação da solução;
  5. Suporte total por telefone 24×7 e suporte contínuo ao ciclo de vida dos dados.

Mas como tudo isso se aplica na prática, veja a história da Mariana e como a Lei mudou a relação dos consumidores e empresas, transparência e objetivos de compliance.

– Mas, menina, faz MESES que eu não vou naquela loja! Eles não vão parar de me mandar esses e-mails não?

Mariana tentou puxar da memória a última vez que tinha acontecido algo parecido com ela. Era uma chateação. Você dava seus dados no caixa, para fazer cadastro na loja, diziam que ia ganhar descontos… E o que você ganhava era um monte de mensagem lotando seu e-mail, ou o celular, todo dia. Não era isso que ela tinha pensado. Pensava que seu cadastro ia valer desconto quando ela fosse na loja, em algum produto do seu interesse…

Mas a verdade era que já devia fazer uns bons meses que isso não acontecia. E, na verdade, até os caixas e vendedores tinham parado de pedir tantos dados pessoais de Mariana – dependendo da loja, agora era só nome e CPF mesmo. Lembrou de uma notícia que tinha visto sobre o marco civil da internet ou coisa assim; será que tinha alguma coisa a ver?

Tinha: o que ocorria era que a maior parte das lojas que Mariana frequentava já estava se conformando com a Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais, ou LGPD. Definida pela Lei No 13.709, de agosto de 2018, a LGPD entrou em vigor agora em 2020, também em agosto.

Baseada em políticas europeias de proteção a dados, a lei delimita quanto dos dados dos brasileiros pode ser coletado, tratado e armazenado, assim como a proteção e medidas necessárias que cada empresa deve instaurar em relação aos mesmos dados.

Assim, a LGPD define e esclarece que tipos de dados se pode pedir ao cidadão em cada circunstância: dados irrelevantes a um determinado segmento não devem ser nem solicitados, e aqueles que têm relevância devem ser obtidos com consentimento claro e explícito, após serem esclarecidas ao cliente qual a importância das informações para a instituição. Tudo claro, transparente.

Fique em conformidade

Além disso, a LGPD estabelece a classe dos dados pessoais sensíveis: informações relativas a religião, preferências políticas, filosóficas ou afetivas, características físicas ou dados médicos. Tais informações não podem ser tratadas de forma alguma pelas empresas sem autorização expressa das pessoas a quem pertencem – e até mesmo instituições públicas estão sujeitas a essas mesmas regras.

Outro ponto importante é que nenhum dado pessoal pode ser compartilhado com terceiros sem consentimento. Essa prática, comum a inúmeras instituições até há pouco tempo, agora deverá ser sempre filtrada pela autorização do cliente/usuário.

Todas essas medidas se aplicam a empresas que façam tratamentos de dados de cidadãos brasileiros, estejam ou não sediadas no Brasil, e mesmo que não tenham operação em solo nacional.

Vazamentos de dados e outras falhas relacionadas deverão ser informadas às autoridades – e práticas indevidas serão punidas com variável intensidade, indo de advertências a multas que chegam a R$ 50 milhões.

Porém, apesar de exigir adequações trabalhosas, a LGPD traz muitas oportunidades para as empresas – oferecendo maior proteção aos clientes, o que leva ao aumento da confiança; e também exigindo maior eficiência no tratamento dos dados pessoais, podendo levar a resultados ainda mais exatos.

Como posso saber mais?

[email protected] ou ligue 11 5105-7080

Receba nosso E-book sobre LGPD, acesse: https://unionit.com.br/lp-lgpd-ibm/

Continue lendo

IBM Red Hat

RED HAT Modernize sua TI com IBM POWER e Red Hat A plataforma de multicloud híbrida da IBM combina a tecnologia Red Hat® OpenShift® e

Webinar Union IT Ultimaco

Introduction to MyHSM, Payment HSM as a Service A Union IT em parceria com a Ultimaco-USA, convida você a participar do webinar “Introduction to MyHSM,